O prefeito do município de São José de Mipibu, Arlindo Dantas, emitiu nota à população sobre as ações do Município no combate ao Covid-19, como também para orientar os mipibuenses no sentido de cumprir a quarentena e seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde – OMS, do Ministério Público e dos decretos editados pelo Governo do Estado do RN.

Segue a Nota:

NOTA À POPULAÇÃO

Caros mipibuenses,

Venho a público para repassar informações sobre as ações desenvolvidas pelo município, visando assegurar à população toda a assistência necessária no combate ao Conoravírus, pois com a chegada do primeiro caso confirmado, precisamos reforçar o apelo do “FIQUE EM CASA”.

Importante ressaltar o essencial, que todos cumpram as medidas adotadas pela organização mundial da saúde, pelos decretos assinados pelo Governo do Estado e pelo Ministério da Saúde, que proíbem a aglomeração de mais de vinte pessoas em estabelecimentos comerciais, como também o funcionamento em empresas que possuem ventilação artificial e evitem aglomerações.

No tocante ao nosso município, criamos um comitê de gestão formado por nossos secretários municipais, para acompanhar a eficácia e se necessário a ampliação das ações já empreendidas por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

Gostaria em nome do Município agradecer a todos os profissionais da nossa saúde, que estão nessa luta diária, à todos o nosso muito obrigado.

Não poderíamos esquecer aqueles que atuam na vigilância sanitária, pedimos que continuem visitando os espaços públicos e privados, como também passando as informações à nossa população e que continuem com as ações de desinfecção das unidades de saúde.

Também contamos nesse período com carro de som, além da divulgação de mensagens de áudio nas redes sociais, sobre os cuidados a serem adotados no combate ao Covid-19, na mesma linha da imprensa brasileira que tem dado informações a cada minuto.

Importante também relatar que há mais de 60 dias iniciamos treinamentos com todos os profissionais da nossa rede, especialmente da UPA e dos Postos de Saúde, inclusive com os colaboradores do laboratório, que são fundamentais na coleta e na diagnose de casos suspeitos.

Essa ação visava preparar e capacitar nossos profissionais para esse momento difícil, que sabíamos seria inevitável e, para isso, contamos inclusive com a participação de médicos infectologistas, que à todos sem exceção, nossa cidade e nossos vizinhos, tenho certeza, são gratos.

Nesse sentido determinamos a suspensão temporária da feira livre, das aulas e o corte de despesas com atividades festivas, incluindo o tradicional São João, medidas que evitam a chegada de pessoas de outras regiões na nossa cidade, sem a utilização de equipamentos de proteção individual, podendo assim contaminar os nossos irmãos.

Gostaríamos de informar que quaisquer recursos que aportarem em nosso solo serão destinados para a área de saúde, especialmente para proteção de nossa população, seja para suprir os nossos colaboradores de saúde, sendo para a UPA que é o local mais adequado para o aporte de qualquer recurso extra, porém informamos que até a presente data não chegou, muito pelo contrário, estamos convivendo com a escassez de recursos pela queda de arrecadação federal.

No tocante a vinda de recursos para enfrentamento na área social, até o presente momento não houve aporte e qualquer recurso será discutido com o Comitê Municipal, que dará prioridade nas ações para atender principalmente os mais vulneráveis.

Quero registrar que também estou respeitando o “FIQUE EM CASA”, pois tenho mais de 70 anos e, portanto, sou mais susceptível aos males da doença.

A nossa parte estamos fazendo, nossos colaboradores da saúde estão treinados e capacitados para o manejo com o público, porém o enfrentamento dessa luta, que o mundo todo está sofrendo, também em nossa terra depende do empenho de todos.

Recomendamos principalmente aos idosos e pessoas com baixa imunidade que fiquem em casa, e se caso morem com familiares, que estes também fiquem em casa e usem bastante água e sabão.

Aos demais trabalhadores que não podem ficar em seus lares, respeitem os cuidados mínimos para evitar a propagação. Evitem a aglomeração e respeitem a distância mínima de 02 metros, e que morando com idosos ou portadores de patologias outras, evitem o contato e quem puder “FIQUE EM CASA”.

Muitos querem fazer política com o problema, porém estamos adotando todas as medidas ao nosso alcance sem maiores alardes.

Acreditamos que ao final, depois da tempestade, dias melhores virão.

Que Deus nos ilumine e guarde!

Arlindo Duarte Dantas

Prefeito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *